Posts Recentes:

Filosofias japonesas para uma vida longeva e feliz

Por Hospital Nipo Brasileiro

Consumo de sal no Japão

Por Hospital Nipo Brasileiro

Kawai: a cultura fofa do Japão

Por Hospital Nipo Brasileiro

Gyaru: entenda mais sobre esse estilo japonês

Por Hospital Nipo Brasileiro

Consumo de sal no Japão

O Japão tem historicamente um consumo de sal relativamente alto, principalmente devido à sua culinária tradicional, que inclui muitos pratos salgados e alimentos em conserva. Por isso, há uma preocupação crescente com o consumo excessivo de sal no Japão.

De acordo com dados da Organização Mundial da Saúde (OMS) e de outras fontes, o consumo médio de sal por pessoa no Japão tem diminuído gradualmente ao longo dos anos, mas ainda permanece acima dos níveis recomendados pela OMS, que é de menos de 5 gramas por dia para adultos. Alguns relatórios indicam que o consumo médio de sal por pessoa no Japão está em torno de 9 a 10 gramas por dia. Ainda assim, o sal continua sendo um ingrediente essencial na culinária japonesa.

Veja algumas das comidas mais salgadas na culinária japonesa:

Shoyu: É um condimento fundamental na culinária japonesa e contém uma quantidade significativa de sal. É usado em uma variedade de pratos, como sushi.

• Tsukemono: São vegetais em conserva que são muitas vezes marinados em uma solução de sal. Dependendo do método de preparação podem ser bastante salgados.

Missô: É uma pasta fermentada feita de soja, arroz ou cevada e sal. Embora o sabor do missô possa variar dependendo do tipo e do processo de fermentação, muitas vezes é salgado e é usado em sopas, molhos e marinadas.

• Umeboshi: São ameixas japonesas salgadas e em conserva. Elas têm um sabor extremamente salgado e ácido e são frequentemente consumidas como acompanhamento de arroz ou banchan (acompanhamentos) em refeições japonesas.

• Karashi: É uma mostarda japonesa, pode ser bastante salgada, especialmente quando usada em quantidades generosas como condimento para pratos como sashimi e carnes grelhadas.

Por isso, nas últimas décadas, tem havido uma conscientização crescente sobre os riscos à saúde associados ao consumo excessivo de sal. Incluindo campanhas de conscientização pública sobre os riscos à saúde associados ao consumo excessivo de sal.

Embora o consumo de sal ainda seja uma preocupação no Japão, essas medidas estão ajudando a conscientizar as pessoas sobre os riscos à saúde.

Vejam alguns fatores adotados pelos japoneses que ajudam a promover uma mudança em direção a uma vida mais equilibrada e com menos sal:

• Variedade na dieta: A culinária japonesa é rica em uma variedade de alimentos, incluindo peixe, arroz, legumes, algas marinhas e tofu. Essa diversidade proporciona uma ampla gama de nutrientes, ajudando a compensar o consumo de sal.

Porções controladas: As porções na culinária japonesa tendem a ser menores em comparação com as de muitas outras culturas, o que significa que o consumo de sal em uma refeição individual pode ser relativamente moderado, mesmo que o alimento contenha sal.

• Alimentos frescos: A comida japonesa muitas vezes é preparada com ingredientes frescos e sazonais, o que pode ajudar a reduzir a quantidade de sal adicionado aos pratos.

Estilo de vida ativo: Os japoneses geralmente têm um estilo de vida ativo, com uma ênfase na atividade física regular e na mobilidade. Isso pode ajudar a mitigar alguns dos efeitos negativos do consumo de sal na saúde cardiovascular.

Cuidados Médicos Preventivos: O sistema de saúde no Japão enfatiza a medicina preventiva e os exames regulares, o que pode ajudar a identificar e tratar problemas de saúde antes que se tornem graves.

Embora o sal seja uma parte da culinária japonesa, é importante observar que o equilíbrio e a moderação são fundamentais para uma vida saudável e que os japoneses geralmente seguem esses princípios em sua alimentação.

Fontes:


https://www.ajinomoto.com/pt/stories/smart-solutions-to-reducing-salt-without-compromising-taste#:~:text=Em%20m%C3%A9dia%2C%20os%20homens%20japoneses,cerca%20de%202g%20de%20s%C3%B3dio

https://g1.globo.com/inovacao/noticia/2022/04/19/pesquisadores-do-japao-criam-hashis-eletricos-que-reduzem-uso-do-sal-ao-realcarem-o-sabor-da-comida.ghtml

https://www.tnh1.com.br/noticia/nid/saude-alimentos-que-nutricionistas-japoneses-proibem-o-consumo-para-ter-uma-vida-longa

https://oglobo.globo.com/saude/noticia/2023/05/shoyu-faz-mal-veja-quantas-colheres-voce-pode-consumir-para-nao-ultrapassar-o-limite-diario-de-sal.ghtml

https://bomgourmet.com/bomgourmet/tsukemonos-conservas-japonesas

https://pt.wikipedia.org/wiki/Tsukemono

https://pt.wikipedia.org/wiki/Miss%C3%B4

https://www.ecycle.com.br/misso

https://pt.wikipedia.org/wiki/Umeboshi

https://pt.wikipedia.org/wiki/Karashi#:~:text=Karashi%20%E3%81%8B%E3%82%89%E3%81%97%20(karashi)%20%C3%A9,Natto%20servido%20com%20karashi

https://pt.wikipedia.org/wiki/Culin%C3%A1ria_do_Jap%C3%A3o

plugins premium WordPress

Esse site utiliza cookies para melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar o acesso, você concorda com nossa Política de Privacidade